O Que Seu Filho PRECISA Saber?

47646eb64b2c1fdb66eaa9167e6277bc

Hoje em dia vivemos “pressionados” por um sistema que valoriza e exacerba o ter e o saber em detrimento do ser… Muitas vezes nós pais nos deixamos envolver por isso e começamos a comparar nossos filhos com outras crianças, fazer cobranças e exigências que estão a quem de suas capacidades, de maneira inconsciente e cruel, em busca de um tão almejado SUCESSO… Esperamos que nossos filhos supram nosso desejos frustados, sejam o que não conseguimos ser e camuflamos nossas expectativas com a crença de que “queremos o melhor para as crianças”…

Será mesmo? Você já parou para pensar em quais os impactos que essa “pressão”  pode gerar  no desenvolvimento futuro destas crianças? Baixa auto estima, falta de confiança, ansiedade, estresse,  são apenas algumas das possibilidades.

E o que será então que meu filho precisa realmente? O que um filho PRECISA saber?

1) Que há um lugar no coração do seu pai e da sua mãe que é só dele…

Que apesar de todas as prioridades e afazeres você o ama incondicionalmente. Amar incondicionalmente é tirar o SE de nossa mente. Parar definitivamente com o “Eu te amo SE…”. Eu te amo se… você me respeita, me escuta, faz o que eu quero, atua de acordo com minha expectativas, toma banho na hora que eu digo, come tudo, faz sua lição, tira boas notas, não grita, não faz uma pirraça, etc…

E dar espaço para o EU TE AMO SEMPRE mesmo quando você não diz que não me ama, diz que sou feia, quando não faz o que eu peço e expressa o que sente, quando coloca para fora suas emoções (raiva, tristeza, medo, etc)… Mesmo assim eu te amo meu filho.

2) Que para todos medos e desafios que tenha existe um porto seguro que o acolherá, chamado pai e mãe.

Não julgue seu filho, em especial seus sentimentos e emoções, permita que ele expresse o que sente afinal todas as emoções são para ser expressadas. Esteja ali para apoiá-lo quando ele precisar de você.

3) Que o mundo é bom!

Para forjar a auto confiança e auto estima neste ser que acabou de chegar ao mundo, mostre a ele que o mundo é bom. Não abra esses olhinhos, que ainda estão muito frágeis, para uma realidade que ele não é capaz de compreender. De tempo ao tempo e espere com paciência o momento certo… Enquanto isso deixe que na primeira infância (0 a 7 anos) seu filho brinque, fantasie, sonhe, dançe, cante, corra, pinte um mundo essencialmente BOM e Colorido!!!

E você, acha que pode incluir algo mais nesta lista? O que mais você acha que é fundamental o seu filho saber?

Comente aqui abaixo e compartilhe com outras mães e pais! Vamos juntos fazer uma lista do que é realmente essencial para nossos filhos saberem…

2 Comments

  • Eliane disse:

    Estou amando todo esse conteúdo.
    Tenho três filhos.
    Vejo que fala bastante direcionando o foco para crianças de zero a sete anos.
    E como tenho uma filha de onze anos gostaria de saber o que muda nessa fase pois meu maior desafio hoje é com ela.
    Se puder me indicar algum livro ou material que fale mais dessa fase.

    Gratidão Clarissa

  • Raysa disse:

    Olá, saudações!
    Seus conteúdos me mostram o quanto preciso melhora. Hoje meu filho tem um ano e quero muito que na lista dele seja incluído carinho, confiança e que ele seja uma criança feliz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *